Os microempreendedores que se inscreveram no primeiro edital do programa Eu Posso precisam encaminhar a documentação exigida até as 10h deste sábado (23). O procedimento deve ser realizado exclusivamente pela internet, através do endereço euposso.joaopessoa.pb.gov.br. Aqueles que não anexarem os documentos, terão a inscrição indeferida. As vagas que ficarem ociosas serão colocadas novamente à disposição.

O programa – que é promovido pela prefeitura de João Pessoa, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedest) – visa conceder crédito orientado para empreendedores, sejam eles pessoas físicas ou jurídicas, como meio de fomento à economia local. As inscrições aconteceram no último dia 14, pelo site do Eu Posso. Em menos de uma hora, as 500 vagas disponibilizadas foram preenchidas.

Quem efetuou a inscrição como pessoa física deve anexar documento de identidade em que conste o número do CPF (RG, CNH ou carteira profissional); comprovante de residência (que pode ser de água, energia, telefone, fatura de cartão de crédito de até 90 dias ou contrato de aluguel com firma reconhecida do locador e locatário); e certidão negativa municipal.

Já quem se inscreveu como pessoa jurídica, é necessário anexar documentos dos sócios pessoa física (no caso de ME) ou do titular (no caso de MEI), conforme a documentação exigida para pessoa física; cartão CNPJ ou certificado de MEI e ME; certidão atualizada da Junta Comercial (ME); comprovante do endereço comercial; certidões negativas municipal, estadual e federal; comprovante de faturamento de até R$90 mil; certificado de regularidade do FGTS; certidão negativa de débitos trabalhistas; e faturamento do ano de 2020 (ME), com assinatura de contador e carimbo com CRC.

MAIS TEMPO – De acordo com a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Vaulene Rodrigues, o prazo para envio dos documentos acabaria nesta quinta-feira (21). “Mas decidimos estender até sábado, para que as pessoas tivessem mais tempo para levantar o material necessário, respeitando os limites do cronograma de execução do nosso edital”, explicou.

Ainda segundo ela, após o encerramento dessa etapa, a equipe de técnicos da Sedest fará uma análise geral das inscrições, a fim de identificar as que serão deferidas. “Havendo vagas não ocupadas, iremos reabri-las ao público em um novo chamado, que deve acontecer ainda na próxima semana”, complementou.

Mais informações podem ser obtidas no próprio edital ou pelo WhatsApp, no número (83) 98645-8768.